domingo, junho 16, 2024
spot_img
HomeNotíciasDemanda pelo Cadastro Único (CadÚnico) provoca longas filas nas unidades do CRAS

Demanda pelo Cadastro Único (CadÚnico) provoca longas filas nas unidades do CRAS

Com a inclusão de mais de 50 mil novos beneficiários no Renda Básica de Cidadania (RBC), popularmente conhecido como Bolsa Mumbuca, que concede o valor de R$230 em Moeda Social Mumbuca, as unidades do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) em Maricá viram uma afluência significativa de novos e antigos residentes em busca de um serviço essencial para esse benefício: o Cadastro Único (CadÚnico). Este ano, a prefeitura de Maricá estabeleceu na legislação do RBC que apenas os residentes cadastrados no CadÚnico, com renda familiar de até 3 salários mínimos, têm direito à Renda Básica de Cidadania, independentemente do tempo de residência.

No entanto, a informação foi divulgada apenas em setembro, e a lei prevê a inclusão de novos beneficiários inscritos até julho de 2023. Os moradores iniciaram uma corrida aos postos, que não se limitam apenas a esse tipo de serviço e contam com um efetivo reduzido de profissionais, sendo que cada unidade do CRAS possui uma dinâmica de atendimento distinta.

No CRAS de São José, por exemplo, o atendimento é realizado apenas com agendamento, mas não há mais disponibilidade para novembro. Fomos informados de que o agendamento para dezembro só será possível a partir do dia 30 de novembro.

No CRAS da Região Oceânica, que atende bairros como Ponta Negra e Cordeirinho, entre outros, 30 senhas são distribuídas pela manhã. A alta demanda obriga os moradores a chegarem de madrugada. O mesmo ocorre no CRAS CEU, localizado no bairro Mumbuca. Lá, os residentes relatam a necessidade de chegar às 4h da madrugada para garantir uma senha na fila, com o atendimento começando às 8h.

Através da assessoria de comunicação a “Prefeitura de Maricá informa que a Secretaria Municipal de Assistência Social registrou aumento de demanda nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) com solicitações de inclusão e atualização de dados no CadÚnico. Cabe destacar que, além da distribuição de senhas, é possível fazer o agendamento do atendimento junto ao CRAS mais próximo da residência do cidadão.”